Por onde começar...

Sua ÁRVORE GENEALÓGICA passo-a-passo!     

Montar uma árvore genealógica é como dar um mergulho na sua história. O próprio processo, em si, lhe proporcionará descobertas incríveis sobre as suas origens. Por isso, investir nessa ideia é uma linda forma de honrar sua história e a trajetória de sua família.

O mais legal é que, atualmente, há diversas alternativas para contar a história da família através de fotos. Uma delas é o fotolivro – o álbum de fotos moderno – que pode ser customizado da forma como você preferir.

Outra forma, mais direta e também muito interessante é usando programas específicos como o MyHeritage ou o FamilySearch, os quais eu recomendo caso o seu interesse seja buscar seu tataravô italiano, por exemplo. E o melhor: de maneira simples, intuitiva e rápida, direto do computador ou pelo celular.

Ficou interessado na ideia? Então, siga nossas dicas e saiba como montar uma linda árvore genealógica com fotos!

 

Passo 1 : começe com você...

Parece óbvio, mas muita gente quer ir direto ao seu ascendente...eheheh smile

É IMPORTANTE que tenha a sua 'Certidão de Nascimento' à mão, pois as informações que você vai usar devem ser fielmente transcritas como está ali: se tem acento, está errado, etc.

É importante as seguintes elementos bem documentados:

  1. Nome completo
  2. Data de nascimento
  3. Local de nascimento (cidade, estado, país, etc...)
  4. Nome do pai fielmente transcrito
  5. Data de nascimento do pai
  6. Local de nascimento do pai (como está na sua certidão...)
  7. Nome da mãe fielmente transcrito
  8. Data de nascimento da mãe
  9. Local de nascimento da mãe (como está na sua certidão...)
  10. Nome dos avós paternos, e se possível o local de origem...
  11. Nome dos avós maternos, e se possível o local de origem...
  12. Cidade ou Cartório do seu registro (informação importante)

Todas estas informações você encontra na sua 'Certidão de Nascimento', por isso a importância de tê-la em mãos nesta hora...

Informações complementares: é normal ter alguma informação de familiares, como nome de bisavós, locais (país) de nascimento, datas, Certidões e locais de casamento e óbito,  e etc. É muito importante anotar estas informações, MAS separá-las, ou pelo menos deixar bem identificado, que SÃO DADOS INFORMAIS e não DOCUMENTAIS, ou seja, obtidas de documentos oficiais, a saber:

  1. Certidão de Nascimento: é a mais importante e fidedigna.
  2. Certidão de casamento: possui informações importantes e pode-se acessar outros documentos através dos DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO para o casamento que ficam para sempre arquivados nos cartórios de registro civil!
  3. Certidão de Óbito, por último: que é a menos fidedigna, pois muitas vezes o declarante é uma pessoa que não conhece tantos detalhes fidedignos do falecido e o cartório não exige documentos comprobatórios de todas as informações prestadas...

Passo 2: agora será a vez de seu pai e sua mãe...

Como já disse, é importante que você tenha a 'Certidão de Nascimento' à mão, neste ponto a do seu pai e de sua mãe.

De qualquer forma, você precisará de Certidões de Nascimento atualizadas, normalmente com menos de um ano de emissão se quiser pedir a sua nova cidadania.

Continue fazendo sua árvore crescer anotando atenciosamente os seguintes dados dos seus pais:

  1. Nome completo (como consta na Certidão de Nascimento) 
  2. Data de nascimento
  3. Local de nascimento (cidade, estado, país, etc...)
  4. Nome do pai do seu pai (seu avô) fielmente transcrito
  5. Data de nascimento do pai
  6. Local de nascimento do pai (como está na sua certidão...)
  7. Nome da mãe de seu pai (sua avó) fielmente transcrito
  8. Data de nascimento da mãe
  9. Local de nascimento da mãe (como está na sua certidão...)
  10. Nome dos avós paternos de seu pai , e se possível o local de origem...
  11. Nome dos avós maternos de seu pai, e se possível o local de origem...
  12. Cidade ou Cartório do seu registro (informação importante)

Algumas destas informações já constavam dos seus dados da Árvore Genealógica. Se forem EXATAMENTE iguais, não será necessário reescreve-las, mas se houver divergência entre o que está escrito e o documento atual em análise, DESTAQUE a diferença e identifique bem a origem da informação.

No programa de montagem de sua Árvore Genealógica, como o MyHeritage, é possível voce guardar uma cópia digital dos documentos junto às suas informações, de seu pai, mãe, avós e assim por diante, o que ajuda muito a organizar e analisar os documentos se precisar.

Também é possível dispor fotos quando disponíveis, o que torna a sua construção bastante interessante também!

Caso seja necessário, poderá ser feita de forma judicial alguma correção no nome e etc. Trataremos com mais detalhe deste assunto mais tarde.

Passo 3: a vez de seus avós maternos e paternos...

É importante ter as Certidões de Nascimento à mão, mas devido a vários fatores, estes documentos dos avós já são mais raros nas famílias, porém ainda assim são necessários para obter a sua cidadania.

Neste ponto, todas as informações anteriores coletadas e organizadas de documentos e de familiares são importantes para que você continue a construção de sua Árvore Genealógica até o ponto que precisar.

A partir daqui, a construção passa a ser um verdadeiro trabalho de 'detetive familiar', podemos assim chamar. Pois, os documentos e informações dos familiares começam a ficar escassos e imprecisos, mas tenha certeza de que em algum lugar eles ainda existem e há meios para encontra-los! Basta querer e dispensar o tempo necessário à pesquisa...

Todas as certidões de nascimento realizadas em cartórios de registro civil, a partir de abril de 1874, estão disponíveis aos interessados. Mas para achar a do seu interesse, é importante que você tenha os dados de forma mais precisa e completa possível. Por exemplo: antes de 1923, registrava-se o indivíduo apenas pelo nome de batismo (primeiro nome ou nome composto), sendo que não era atribuído automaticamente o sobre nome do pai e/ou mãe que ficava meio à critério do sujeito que sobrenomes (nomes de família) usar. Meu bisavô, por exemplo, ao registrar o meu avô, usou o sobrenome (nome de família) da mãe dele, além do sobrenome do seu pai por último.

Tendo o Cartório ou a idade onde foi registrado o seu parente, entre outras informações mais comuns, é perfeitamente possível obter uma Certidão de Nascimento atualizada, mesmo que seja de 1875.

Caso não se tenha informações de forma precisa, é possível rastrear através de algumas técnicas esta busca... Falaremos sobre isso em outro lugar.

Mas, não esqueça de documentar todas as informações que tiver disponível e indicar a fonte para atribuir um coeficiente de 'credibilidade' da informação registrada.

Lembre-se a ordem de importância e credibilidade destes documentos:

  1. Certidão de Nascimento: é a mais importante e fidedigna.
  2. Certidão de casamentopossui informações importantes e pode-se acessar outros documentos através dos DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO para o casamento que ficam para sempre arquivados nos cartórios de registro civil!
  3. Certidão de Óbito, por último: que é a menos fidedigna, pois muitas vezes o declarante é uma pessoa que não conhece tantos detalhes fidedignos do falecido e o cartório não exige documentos comprobatórios de todas as informações prestadas...

Existem muitos outros documentos onde pesquisar, só para citar alguns:

  • Registro de embarque e desembarque de navios disponíveis na internet
  • Arquivos distritais de países, como Portugal, que possui digitalizado "certidões" desde meados dos anos 1500!!!!
  • Registro de estrangeiros dos países receptores de imigrantes
  • Documentos de passaporte (por mais antigo que seja, eram necessários...)
  • Base de dados como o MyHeritage e o FamilySearch disponíveis na internet
  • E muitos outros...

Passo 4: como ampliar sua Árvore Genealógica

Cras dictum. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia Curae; Aenean lacinia mauris vel est.

Suspendisse eu nisl. Nullam ut libero. Integer dignissim consequat lectus. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos.

Passo 5: documentos para sua Árvore...

Lorem Ipsum ...

 

 

Bernardo Genealogista

Árvore Genealógica

Sua Família
Sua Árvore Genealógica
Seus documentos